Imigração Alemã > Pesquisa > Famílias imigrantes > PHILIPP APPEL (*1791 em Katzweiler +1871 em Ivoti)

familias-imigrantes



PHILIPP APPEL (*1791 em Katzweiler +1871 em Ivoti)

Segundo Carlos Henrique Hunsche e Maria Astolfi, em O Quadriênio 1827 - 1830 da Imigração e Colonização Alemã no Rio Grande do Sul, em sua páginas 413 e 414, registra-se: Felipe Apperl, (1827 I 62/66). Família natural de palatinado, chegada a Sao Leopoldo em 04 de fevereiro de 1827. Cruzou o Atlântico provavelmente na galera dinamarquesa "Creole" (segunda viagem), que partiu de Bremen em 17 de setembro de 1826 e que chegou ao Rio de janeiro em 11 de novembro de 1826. Depois de algumas semanas de espera na Armação, hoje Niterói, embarcaram, conforme Korndörfer, integrante da mesma leva, em 20 de dezembro de 1826 no bergantim "Águia Volante" ou na sumaca "Soledade, dois costeiros brasileiros que partiram mais ou menos ao mesmo tempo para o Sul (Aviso: 29 de novembro de 1826), chegando a Porto Alegre pouco antes de 04 de fevereiro de 1827, dia em que os Apell foram registrados em São Leopoldo.

Felipe Appel, evangélico, nascido no ano de 1791 de Kottweiler ou Katzweiler, ambas localidade pertencentes ao distrito de kaiserslautern, na Renânia Palatinado, falecido no dia 11 de dezembro de 1871, em Bom Jardim. Colono em Bom Jardim, casado com Maria Elisabete Schenkel, nascida no ano de 1799, falecida no dia 13 de outubro de 1881, em Bom Jardim, provavelmente irmã do genearca-imigrante Jacó Schenkel, pais de três filhos imigrantes e outo nascidos em Bom Jardim, evangélicos.

SEPULTAMENTO: Segundo Livro I de Registro da Comunidade Evangélica de Ivoti (Bom Jardim), em sua página 439, registra-se no dia 12 de dezembro de 1871, o sepultamento de Philipp Appel, nascido no ano de 1791 em Katzweiler, Baviera Renana, falecido no dia 11 de dezembro de 1871.