Imigração Alemã > Pesquisa > Famílias imigrantes > Johann Philipp Cornelius (*1791 em Gensingen, Hensen + em Pelotas)

familias-imigrantes



Johann Philipp Cornelius (*1791 em Gensingen, Hensen + em Pelotas)

Segundo Carlos Henrique Hunsche, O Ano de 1826 da Imigração e Colonização Alemã no Rio Grande do Sul (Província de Sao Pedro), página 418 e 419: Felipe Cornelius, número 94/100 (1826 I 94/100). Família composta de sete membros, chagada em São Leopoldo no dia 15 de janeiro de 1826, passageiros do bergantim "Carolina", o costeiro rodeado pela fome e pela morte (assinou a "Submissa e obediente queixa" contra o desumano capitão) e do transtlântico "Friedrich Heinrich". "Lavrador na colônia atraz da Feitoria" (Hillebrand), evangélico, nascido no ano de 1791 em Gensingen em Hessen, se casou em sua primeira núpcias com Maria Magdalena Baer, e em segunda no dia 20 de junho de 1826 com Rosina Böhmer e em terceira com Rosina Adam. Pais de cinco filhos imigrantes: Felipe Filho; Jacob (conforme Klaus Becker, Guerra do Paraguai, página 183: "Jacob Cornelius ("Cornelho", "Korneli"), do Corpo de Sao Leopoldo no segundo Corpo de Exército, ferido na batalha de Curupiti, sendo desconhecido o posto militar Maria Ana, se casaou no dia 10 de julho de 1841 com pedro Carlos Frederico Sanders; Apolônia; e Juliana, nascida no Rio de Janeiro (do segundo matrimônio). Wolf registra outro filho Adão Cornelius, do terceiro matrimônio, já nascido no Brasil, colono em Campo Bom no ano de 1867, falecido no dia 22 de junho de 1901, se casou no dia 21 de junho de 1867 com Maria Schmidt.