Imigração Alemã > Pesquisa > Famílias imigrantes > Heinrich Pehls

familias-imigrantes



Heinrich Pehls

Chegou a São Leopoldo em 06 de novembro de 1824, com a esposa Anna Catharina Asmus e quatro filhos, passageiros da sumaca Ligeira e do transatlântico Germânia, a bordo do qual sua mulher foi violentada por Carl Rasch, chefe dos rebeldes, posteriormente fuzilado, juntamente com os seus sete companheiros, em alto mar, figura Protocolo com mais um pouco modificado: "mulher do colono Boehl". Lavrador, evangélico, nascido no ano de 1770, em Holstein, casado com Ana Catarina, nascida no ano de 1780, em Holstein. Pais de quatro filhos: João Henrique, nascido no ano de 1801, em Holstein; Marco Henrique, nascido no ano de 1812, em Holstein, Dorotéia, nascida no ano de 1815, em Holstein, e; Joana, nascida no ano de 1820, em Holstein. Henrique Poehls figura com este nome certo numa relação de soldados da "Compa. de Caçadores de voluntários Allemães, assinada no quartel de Porto Alegre pelo comandante, o entao capitão Fernando Kersting, prestando serviços militares ao soldo de 700 réis diários. Major Fernando Kersting, em ofício dirigido ao Coronel Hillebrand e datado em 16 de março de 1844: "Aí vai Henrique Pöhls em licença. Esse pobre diabo certamente merece um apoio, mesmo quando se levaria em consideração tão somente seu comportamento exemplar e o templo de serviço nessa Companhia, durante quase oito anos. se V. S. necessitar de mais alguns recomendações, quizera têlas feitas, com o devido respeito, pelo presente ofício". Sua esposa faleceu em Hamburgo Velho no ano de 1852.