Imigração Alemã > Pesquisa > Famílias imigrantes > Johann Jacob Purpur

familias-imigrantes



Johann Jacob Purpur

Johann Jacob Purpur (natural de Idar, Prefeitura de Oberstein, no Principado de Birkenfeld, em Oldenburg)

Segundo Carlos Henrique Hunsche, João Jacob Purpur (Purper ou Porpor), emigrou com a esposa e sete filhos, chegando em Sao Leopoldo no dia 15 de janeiro de 1826, passageiros do bergantim, "rondado pela fome e pela morte", "Carolina" (o próprio Purpur assinou, juntamente com outros 39 colonos, em 04 de janeiro de 1826, a "Submissa e mui obediente queixa" contra o capitão desumano), e passageiro do transatlântico "Friedrich Henrich". Esta família pertenceu a um grupo de 12 famílias de Idar, coordenada por Carlos Mohr. Hillebrand, ao registrar a família, diz que Purpur era "oleiro" (na verdade era lapidário), evangélico, nascido no dia 22 de novembro de 1801(?) em Idar em Birkenfeld, pertencente ao Ducado de "Oldenburg" (Hillebrand), falecido no dia 13 de fevereiro de 1844, se casou em Idar no dia dia 13 de janeiro de 1800 com Anna Eva Moser. Pais de sete filhos imigrantes: Maria Elisabete, nascida no dia 22 de novembro de 1801 em Idar e falecido no dia 24 de janeiro de 1846; Carolina, nascida em Idar no dia 27 de fevereiro de 1808 e falecida no dia 28 de junho de 1873, e se casou em suas primeiras núpcias no primeiro dia do mês de novembro de 1830 com João Gottlieb Wolff, e se casou em segundas no dia 12 de outubro de 1832 com Matias Gottfried Doernte; Jacob, colono em Lomba Grande, que levou a primeira remessa de pedra semipreciosas do Rio Grande do Sul para a Alemanha em 1833/34, nascido no ano de 1809 em Vollmersbach em Birkenfeld, se casou com Luisa Becker, pais de duas filhas (Clara e Lina Berta); Luisa, nascida no ano de 1802 em Idar, se casou no dia 27 de outubro de 1829 com Matias Frederico Pfingsttag, comerciante e alfaiate em Porto Alegre, no ano de 1829, nascido no dia 29 de julho de 1797 em Altenriet em Württemberg e falecido no dia 24 de fevereiro de 1849; Carlos, marceneiro em Sao Leopoldo no ano de 1847, nascido no dia 13 de setembro de 1813 em Idar e falecido no dia 11 de março de 1848, se casou no dia 07 de janeiro de 1847 com Ana Maria Witt, nascida no ano de 1829, filha de João Carlos Witt, pioneiro e genearca de Torres; Juliana, nascida no ano de 1819 em Idar, se casou no dia 02 de abril de 1842 com Conrado Zimmermann; e Felipe, oleiro perto de São Leopoldo no ano de 1845, nascido em Idar no dia 10 de março de 1822, se casou no dia 15 de setembro de 1846 com Catarina Elisabeta Kümmel, nascida em Sao Leopoldo no dia 23 de agosto de 1829, filha do genearca Daniel Gottlieb Kümmel (Wolf).