Imigração Alemã > Acervo Documental > Biografias > João von Hohendorff



João von Hohendorff


João von Hohendorff e sua esposa Catharina Mattje em São Leopoldo

João era o filho mais jovem do imigrante Heinrich Ludwig Gustav Hubert Friedrich von Hohendorff e de sua esposa Carolina Hannecker. Nasceu e se criou em São Leopoldo, onde morou em três bairros, na Feitoria onde nasceu e se criou, na divisa entre o Arroio da Manteiga e Scharlau e nos anos finais de vida no Rio dos Sinos. Seu pai, que era curtidor na Feitoria, faleceu muito jovem, deixando três filhos menores de idade.

João trabalhou desde cedo com os irmãos mais velhos e com a mãe, para sustentar a família. Casou com Catharina Mattje, moça nascida em São Leopoldo, filha de teuto-hungaros. Com a esposa von Hohendorff teve 5 filhos, 3 rapazes e duas moças, sendo que uma delas faleceu pequena. João morou depois de casado no Arroio da Manteiga, trabalhando com gado. Possuía uma extensa propriedade que ia do atual bairro Scharlau até o Rio dos Sinos.

A grande propriedade de von Hohendorff no Arroio da Manteiga

Em uma das negociações com gado, ganhou parte de um casarão na rua Dr. Hillebrand, no bairro Neustadt, atual Rio dos Sinos, de um senhor de sobrenome Santos, que lhe devia grandes quantias. O restante do valor von Hohendorff completou para ficar com o imóvel, boa parte das rendas com a venda de gados ele aplicou em imóveis em São Leopoldo.

Durante a Revolução Federalista suas terras foram invadidas e João foi feito refém com a esposa e os filhos. Passado esse período difícil, a esposa faleceu muito jovem e von Hohendorff casou com Adelina Richter. Com a segunda esposa teve mais 4 filhos. João construiu uma casa nova no bairro Scharlau e um moinho em frente a sua casa na rua Dr. Hillebrand.

Von Hohendorff era muito ativo na comunidade, foi fundador no ano de 1896, da Sociedade de Cantores de Arroio da Manteiga, fez parte da diretoria e do grupo até seu falecimento. Em 1921 João construiu uma grande casa no bairro Scharlau, que vendeu posteriormente a uma família de Dois Irmãos. Von Hohendorff costumava passar as férias de verão na praia, um luxo para época, exclusividade para poucas famílias. Quando faleceu deixou uma grande herança para seus descendentes, sua filha Mathilde ficou com sua casa na Dr. Hillebrand e seu filho João Carlos permaneceu nas suas propriedades no Arroio da Manteiga, onde o filho foi professor, teve moinho e o primeiro gerador de energia elétrica da região.

A esquerda com a segunda esposa e com os filhos e a direita na década de 1920