Imigração Alemã > Acervo Documental > Biografias > Jacob Jaeger



Jacob Jaeger


Natural de São José do Hortêncio, Jacob Jaeger (*1857+1943) era filho do imigrante Franz Adolph Jaeger e de Catharina Elisabeth Schuck. Seu pai Adolph, foi o primeiro professor da família, iniciando suas atividades como educador no município de Feliz, onde fundou uma das primeiras escolas da localidade, no interior de sua casa.

Jacob morou no Vale do Caí nos primeiros anos de vida, ainda pequeno, acompanhou os pais e irmãos que emigraram para Porto Alegre em busca de melhores perspectivas de vida. Seu pai também trabalhava com arames, já que a renda como professor era pequena para o sustento de toda a família.

Nos anos iniciais Jacob ajudou o pai e seus três irmãos, Jorge, João Batista e Henrique. Mais tarde, os quatro foram estudar no Instituto de Educação de Porto Alegre. Jacob foi um dos primeiros professores do Estado, em seus primeiros anos de trabalho, retornou ao Vale do Caí onde casou com Anna Reichert (Também natural de São José do Hortêncio) em 1881.

Jacob foi professor em São Vendelino e residiu muitos anos em São Sebastião do Caí, onde possuía um pequeno atelier fotográfico. A casa em que morava era muito antiga, as fotos eram reveladas no porão. Depois de mais de dez anos no Vale do Caí, onde nasceram seus primeiros filhos, Jacob foi transferido para Nova Petrópolis.

De Nova Petrópolis, Jacob foi transferido para Picada São Paulo, interior de Morro Reuter onde lecionou por muitos anos. Mesmo distante na época, Jacob tinha proximidade com a região, seus pais moravam com sua irmã Maria Jaeger no Vale do Caí. Maria foi a primeira professora de Bom Princípio.

Quando se aposentou, Jaeger passou a residir em São Leopoldo. Pertencia a uma família de religiosos e educadores, todos os irmãos de Jacob eram professores. 5 de seus 10 filhos também se dedicaram ao ensino. O professor Jaeger faleceu em 1943. Em sua homenagem há uma escola com seu nome em Pinhal Alto, Nova Petrópolis, e uma rua com seu nome no município de São Leopoldo.


O professor Jaeger, no início da década de 1940 com seu papagaio "Rico" em São Leopoldo